sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Luis Piçarra-Campeão Nacional Pesca Achigã Margem 2008

Quando se nasce rapaz, existe sempre a tendência dos pais filiarem o filho no seu clube de futebol preferido, uns são do Benfica, outros do Sporting e por ai além, neste caso não, esta criança não seguiu este ritual.
Com apenas 3 meses de idade já era sócio do CMAPCD - Clube Mourense Amadores Pesca e Caça Desportiva.
Nesta altura confesso que achei estranho mas não liguei importância.
Os anos têm passado e o mais engraçado é que este rapazinho, hoje com 21 anos, começou muito cedo a fazer da Pesca Desportiva um dos seus hobbies preferidos.
Recordo-me das provas do Regional, dos Campeonatos Nacionais, das deslocações a Cavez, a Chaves, a Penacova, das amizades, das experiências vividas, dos parques de Campismo, enfim… boas recordações em prol da Pesca Desportiva.
Sempre que falava com alguém sobre este assunto, a indiferença era alguma, talvez por não ser considerado um desporto de elite, como acompanhante destas “lides”, vivi muitas sensações, são momentos únicos, só quem passa por elas sabe dar o devido valor, mas o que dirá um pescador, que se levanta de madrugada e sente a adrenalina a subir quando tenta levar o peixe de vencido na sua luta por escapar, ou que com 14 anos conquista 3º Lugar no Campeonato Nacional de Agua Doce - Iniciados 2001, com lugar na Selecção Portuguesa, depois vê os estatutos alterados pela Federação e gorada a sua participação no Mundial, digo-vos sinceramente fiquei mais revoltada do que ele.
Ser-se pescador desportivo é um “vício saudável”, que nós Pais cada vez mais deveríamos incutir e incentivar nos nossos filhos, desta forma evitamos “tentações” de outros vícios perigosos destas idades.
Eu e o meu marido, compreendemos sempre de bom agrado o “investimento” que fizemos, se me perguntarem se é um desporto caro, sem dúvida que sim, mais a mais, quem gosta de estar apetrechado de material de competição.
O pescador desportivo é consciente da natureza que o rodeia, encara com naturalidade o devolver o peixe á agua, colabora na protecção da natureza e na conversação recursos hídricos, tem respeito pelos seus parceiros pescadores, e a competição é saudável, o mais importante é o convívio e a troca de experiências.
Realmente continuo surpreendida com o meu filho, muitas vezes pergunto a mim mesma, como consegue ele conciliar o trabalho, a actividade pós-laboral de DJ (outra das suas enormes paixões) e a Pesca Desportiva, assim foi o que aconteceu, ser Campeão Nacional de Pesca ao Achigã de Margem 2008, levou-o a um esforço extremo, conseguiu cumprir com todas as suas tarefas entre Sagres, Moura e Albernoa, resistiu sem dormir durante 48 horas, parece impossível, mas lá diz o ditado “quem corre por gosto não cansa” e é bem verdade.
Parabéns Luis Miguel!!!

"Se deres um peixe a um homem faminto, vais alimentá-lo por um dia.
Se o ensinares a pescar, vais alimentá-lo toda a vida.»
Lao Tsé.
Noticias em:

8 comentários:

Vera disse...

Amiga, tens um filhote cheio de grandes proezas...parabéns!
beijinhos
Vera

Lucinda disse...

Oi passei para te desejar um bom fim de semana. jinhos

paulavicente.artfactu disse...

Li atentamente o texto e não podia estar mais de acordo. Parabéns á familia fantástica!

paulavicente.artfactu disse...

Oi Fátima, por acaso estes meninos não são meus, mas sim de uma boa amiga! Eu tenho um Sting, Golden Retriver, e uma louca chamada Sho-nya, que é uma shitzu. Mas estes são uns queridos! E nós é lhe fazemos companhia!

Cakau disse...

:)
Parabéns à mãe e ao filho! ****

paulavicente.artfactu disse...

Passei para desejar um bom fim de semana e por causa de filhos passa pelo blog. Vais perceber o porquê. BEIJINHOS

Cláudia disse...

Olá!

Visita o meu mega leilão em megaleilo.blogspot.com/ e desfruta daqueles preços!!

Um beijinho

Cláudia

Anónimo disse...

Thanks :)
--
http://www.miriadafilms.ru/ купить кино
для сайта donasara.blogspot.com